rss

 

Gato Somali | Longhaired Abyssinian Cat

  • Publicado: 28/09/2010 2:25
  • Expira: Este anúncio expirou

Nas ninhadas de Gatos Abissinios desde sempre apareceram, aliás, com uma frequência muito maior do que actualmente, gatinhos de pêlo suave e semi-longo. Mas os criadores consideravam-nos pouco interessantes e não os incluíam na reprodução. O gene responsável pelo pêlo comprido terá sido introduzido pelo cruzamento entre o Abissínio e os Gatos de pêlo comprido, Persas ou Angorás. No Canadá, foi apenas nos anos 60 que os criadores Don Richings, Mary Mailing e o juiz Ken Mac Gill apresentaram interesse por estes novos gatos. Em 1976, a criadora americana Evelyn Mague conseguiu fixar o carácter do pêlo semi-longo do Abissínio. A nova raça foi baptizada com o nome de Somali, Gato Somali, como referência ao país vizinho da Etiópia, de onde se supõe ser originário o Abissínio. E. Mague criou o Gatil LynnLees assim como o primeiro clube da raça Somali nos Estados Unidos. Expôs o primeiro Somali em 1972. A C.F.A. reconheceu a raça em 1978. Lynn Lee’s Picasso e Lynn Lee’s Pearl, dois Somalis provenientes do gatil de E. Mague chegaram a França em 1979. A F.I.Fe homologou a raça em 1982. Este gato tem vindo a registar um interesse crescente por parte do público.

Características:

Cabeça: Vista de frente, forma um triângulo de contornos arredondados. Testa ligeiramente arredondada. De perfil a cabeça apresenta uma curvatura suave. Focinho nem pequeno nem pontiagudo. O pinch é considerado um defeito. Nariz de comprimento médio, sem stop. Queixo firme e bem desenvolvido.

Orelhas: Grandes, largas na base, bastante espaçadas, com pontas ligeiramente arredondadas. A marca do polegar é desejável na parte posterior da orelha. São apreciados os penachos nas extremidades.

Olhos: Grandes, amendoados, bastante espaçados, sublinhados por um curto traço vertical, vestígio do M nos gatos tabby. Em cor âmbar ou verde.

Pescoço: Porte gracioso.

Corpo: Corpulência e comprimento médio, tipo semi-estrangeiro, gracioso. Dorso ligeiramente arqueado. Musculatura forte.

Patas : Longas, finas, bastante musculadas. Pés compactos, ovais. Parece caminhar na ponta dos pés.

Cauda: Longa, erguida e muito peluda como a da raposa.

Pelagem: Pêlo semi-longo, denso, muito fino e suave. Curto na face, zona anterior dos membros e ombros. Semi-longo no dorso, flancos, peito e ventre. Comprido no pescoço, zona posterior das coxas (calções) e na cauda (penacho). O sub-pêlo não é alongado como no Persa. Cor:  Ticking na pelagem, ou seja, presença em cada pêlo de uma alternância de faixas escuras e faixas claras. No mínimo 2 a 3 faixas podendo chegar até 8. A extremidade do pêlo deve apresentar uma faixa escura. Citamos algumas variedades: Lebre: usual na Grã-Bretanha, faixas negras e faixas cor de alperce. Azul: faixas azul ardósia e faixas creme. Sorel: faixas chocolate e faixas cor de alperce. Bege Fawn: faixas bege escuro e faixas bege claro. Silver Sorel: faixas chocolate e faixas brancas – Silver Azul: faixas azuis e faixas brancas. A C.F.A. aceita o ruddy, o red, o azul e o fawn.  Na Europa é aceite um número superior de cores.

Defeito: Cabeça redonda ou de tipo Siamês. Stop acentuado. Olhos redondos, não marcados com a cor do ticking. Orelhas pequenas ou pontiagudas. Corpo muito entroncado. Cauda e patas com anéis. Cauda em forma de chicote. Medalhão branco, marcas no abdómen.

Carácter : Trata-se de um gato muito vivo e activo, mas não exuberante. Robusto, equilibrado, com um carácter pacífico, é mais calmo do que o Gato Abissínio. Dotado de um temperamento meigo, mostra-se sociável com os seus congéneres e com os estranhos. Muito brincalhão, convive bem com as crianças. Meigo, muito afectuoso, requer muita atenção mas mostra-se menos possessivo do que o Abissínio. Embora receie um pouco o frio, não suporta a vida num apartamento. Grande caçador, deverá dispor de um jardim. A manutenção da sua pelagem requer apenas uma escovagem semanal. Em período de muda, deverá ser feita diariamente. As crias nascem praticamente bicolores, escuros na parte superior e claros nas zonas em declive. O ticking vai-se instalando de forma progressiva. De igual forma, a pelagem só atinge o comprimento e aspecto definitivo durante o segundo ano de vida.

Observação: Cruzamentos autorizados com a raça Gato Abissínio.

5744 Visualizações, 1 até à data

  

Deixe uma resposta